Como o Plasma de Argônio pode ajudar pacientes que reganharam peso?

Postado por master em 02/ago/2021 - Sem Comentários

O Plasma de argônio é um dos procedimentos mais procurados na Suzanclin e percebemos que grande parte dos nossos pacientes ou não sabe do que se trata ou não entende exatamente a quem se aplica esse procedimento. Por isso hoje vamos te falar o que é e para quem é este procedimento.

O que é Plasma de Argônio?
 A ablação com plasma de argônio é um procedimento feito por endoscopia e indicado para pacientes que realizaram a cirurgia bariátrica (pelo método Bypass) e reganharam 10% ou mais do peso mínimo atingido após a cirurgia. O procedimento demora de 10 a 15 minutos e nele o argônio é utilizado para diminuir a anastomose do paciente, promovendo uma maior perda de peso no mesmo. O procedimento costuma ser realizado em 2 sessões, podendo chegar a mais sessões (com 60 dias entre uma e outra). O argônio é um gás ionizável que, quando submetido a uma faísca gera o plasma, que possui as propriedades coagulantes que vão modificar a anastomose e auxiliar a perda de peso do paciente.

anastomose

Anastomose

Quando o paciente realizou a cirurgia pelo método by-pass, o médico teve que criar uma anastomose (junção do estômago com o intestino do paciente). Dependendo do tamanho dessa anastomose o paciente poderá perder/ganhar mais peso. Trazendo uma analogia mais simples, a anastomose seria como se fosse uma boca. No caso dela estar muito fechada, o paciente corre o risco de ter dificuldade na passagem de alimentos sólidos, no caso de ficar muito aberta o paciente sentirá mais fome e poderá comer mais e mais rápido. Portanto o ideal é atingir o meio termo.

 

E como o plasma de argônio entra nessa história? O plasma irá queimar a mucosa do estômago/intestino do paciente, e essa queimadura, quando cicatrizada, vai promover o efeito de diminuição da anastomose do paciente. Hoje o procedimento é recomendado a pacientes que possuem a anastomose maior que 15 milímetros (sendo que o ideal seria algo entre 11 e 12 milímetros).

Importante ressaltar que anastomoses muito pequenas também trazem transtornos ao paciente, seja pela cirurgia bariátrica ou pelo procedimento com o argônio, em casos que o médico diminui muito a anastomose do paciente ele pode ter uma estenose, que nada mais é que ele não conseguir ingerir sólidos, apenas líquidos. Esse é um dos motivos de o procedimento ter mais de 1 sessão. Nesses casos, o paciente poderá procurar o médico para realizar a dilatação dessa anastomose.

O procedimento é seguro?
Mas será que é seguro realizar o procedimento sendo que vão “fazer um machucado intencional no meu estômago”? Sim! Uma vez que a coagulação promovida no paciente é controlada, isso torna o procedimento seguro. Também é importante informar que para realizar esse procedimento o paciente também irá passar com a equipe multidisciplinar, portanto ele terá toda uma dieta e uma evolução com a psicóloga que vão auxiliá-lo no processo. A dieta, assim como na bariátrica, é muito importante visto há necessidade de cicatrização do estômago!

Esse procedimento ainda não é liberado na ANS, portanto os convênios não cobrem esse procedimento. Porém ele vem sendo estudado e é tido como muito promissor, uma vez que possui algumas vantagens:

  • Valor mais baixo que outros procedimentos similares;
  • Nível baixo de complicação;
  • Procedimento minimamente invasivo;
  • Sem necessidade de afastamento do emprego;
  • Procedimento ambulatorial;
  • Procedimento rápido.

Concluímos que o paciente de cirurgia bariátrica pode ganhar peso novamente por vários fatores, um deles é a dilatação da sua anastomose. Quando isso ocorrer, o procedimento mais efetivo e simples é a ablação com plasma de argônio. Na maior parte dos casos, o paciente consegue perder 80% a 100% do peso que reganhou, porém existem casos que o paciente chega a pesos inferiores ao que já tinha atingido com a bariátrica.

Gostaria de saber mais sobre Balão Intragástrico e Plasma de Argônio? Assista uma live que fizemos sobre o tema, aqui no nosso canal do youtube. Clique aqui.

Aqui na Suzanclin realizamos este procedimento.
Agende conosco sua avaliação para Plasma de Argônio.
(11) 4745-3600