HOME
Suzanclin Suzanclin
11 4745.3600 / 4748.8412
R. Baruel, 650 - Vl. Adelina - Suzano
Rua Engenheiro Eugênio Motta, 232 - Centro - Mogi das Cruzes

VIVALIGHT

Com a grande procura de pacientes portadores de Obesidade Clínica Cirúrgica, a Suzanclin resolveu ampliar seus serviços. Surgiu, então, a ideia de criar um espaço na região que proporcionasse a esses pacientes uma melhor qualidade de vida.

E foi com os conhecimentos adquiridos pelo Drº Jaime e pela Draª Isabel que tornou-se possível a criação, em abril de 2007, de uma ramificação da Suzanclin: o espaço VivaLight.

A VivaLight tem como objetivo a adaptação dos pacientes a uma melhor qualidade de vida. Sua meta é inserir uma alimentação mais saudável e atividades físicas adequadas no seu cotidiano.


O que é?

Programa que visa tratar a obesidade de maneira ampla. Formado por equipe médica e multidisciplinar objetivando atender o paciente que busca tratamento clínico para obesidade, o paciente que necessita intervenção cirúrgica e a colocação do balão intragástrico.


Por que?

A equipe Viva Light visa oferecer atendimento especializado e interdisciplinar, de maneira que o paciente encontre no mesmo local as especialidades que farão parte do seu tratamento, assim fortalecendo o vínculo de segurança.

Desenvolvemos palestra mensal com cirurgião, objetivando esclarecimento e informação para pacientes que planejam a intervenção cirúrgica e dinâmica da equipe multidisciplinar, objetivando aprendizagem e manutenção do tratamento para pacientes que já realizaram a cirurgia.

A palestra mensal é realizada em Suzano e Mogi das Cruzes, com objetivos de alcançar um número maior de pacientes e também facilitar o acesso dos que já realizam o tratamento.

Grupos psicoeducativos semanais para pacientes que planejam a cirurgia com psicóloga e nutricionista visando maior esclarecimento acerca da obesidade e cirurgia.

Grupos psicoeducativos semanais para pacientes que já realizaram a cirurgia, visando informação de maneira dinâmica, os grupos são organizados por tempo de cirurgia, promovendo a abordagem de questões pertinentes a cada etapa.

Oficinas: atividades pontuais que visam desenvolver aspectos que podem ser pontos de dificuldades após a cirurgia, como a relação afetiva com o alimento, comportamento alimentar e rotulagem.

São oferecidos grupos de educação alimentar e nutricional destinado aos pais que tem dificuldades com alimentação de seus filhos (sobrepeso, obesidade, colesterol, diabetes, dificuldades em experimentar alimentos, adequação de rotina alimentar, baixa autoestima devido a dificuldades com autoestima). Esses grupos são divididos por idades (infantil até 12 anos e adolescentes entre 12 e 16 anos). São realizadas orientações com nutricionista e psicóloga para os pais e dinâmicas e oficinas com as crianças e adolescentes.

Os grupos psicoeducativos são realizados na clínica semanalmente com calendário prévio.

Os atendimentos individuais são realizados na clínica com agendamento prévio.


A Obesidade

A obesidade vem assumindo características de doença epidêmica nos últimos anos, sendo considerada por muitos como o "Mal do Século 21".

Ela é o aumento no peso corporal com relação ao peso inicial, levando como resultado o acúmulo e o excesso de tecido gorduroso no organismo. Atinge todos os tipos de pessoas, de ambos os sexos e todas as idades, com maior tendência no sexo feminino. Sua causa é multifatorial e ligada a fenômenos genéticos, endócrinos, familiares, comportamentais e hábitos alimentares. A obesidade, quando se torna a obesidade chamada mórbida, aumenta o risco de se ter várias outras doenças, como hipertensão arterial sistêmica, infarto, derrame, diabetes, apneia do sono, dislipidemia, alterações hormonais e sexuais.

Dependendo da idade o indivíduo, um obeso pode abreviar seu tempo total de vida em aproximadamente 20%, tendo 12 vezes mais chances de morrer do que uma pessoa com peso saudável.

Devemos lembrar também que a obesidade influi em vários outros aspectos da vida, como por exemplo, dificuldade para se vestir, andar, correr, dormir, utilizar meios de transporte, além de influenciar em problemas psicológicos, levando à baixa estima e à depressão.


O que é o IMC?

O IMC, Índice de Massa Corporal, é uma medida de padrão internacional utilizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para definir o grau de obesidade das pessoas.

O sobrepeso e a obesidade, indicados pelo IMC, são fatores de risco para doenças, tais como a hipertensão arterial, a doença arterial coronariana, o diabetes melittus, além de outras patologias consideradas de alto risco para a Saúde Pública.

Hoje em dia, o IMC é utilizado como forma de comparar a saúde de populações ou até mesmo definir prescrição de medicações.

Os valores do IMC são independentes de idade e sexo. Apesar disso, o IMC pode não corresponder ao mesmo grau de gordura em diferentes populações devido às diferentes proporções do corpo.

Riscos à saúde associados ao aumento do IMC devem ser constantemente observados e interpretados, já que podem ser diferentes em cada população.

Veja, na tabela abaixo, a classificação dos índices de IMC:

Referências Diagnósticos
Abaixo de 18,5 Baixo Peso
Entre 18,6 e 24,9 Peso Normal
Entre 25,0 e 29,9 Sobrepeso
Entre 30,0 e 34,9 Obesidade Grau I
Entre 35,0 e 39,9 Obesidade Grau II
Entre 40,0 e acima Obesidade Grau III

Idosos possuem índices do IMC diferenciados de pessoas mais novas. Veja a tabela abaixo:

Referências Diagnósticos
Abaixo de 22,0 Baixo Peso
Entre 22,0 até 27,0 Peso Normal
Acima de 27,0 Excesso de Peso



Comorbidades da Obesidade

A palavra comorbidade é usada para definir as doenças que aparecem ou se intensificam com a obesidade. Muitas vezes, são tratadas como se fossem problemas isolados e independentes quando, na realidade, tem seu surgimento ou agravamento devido ao acúmulo de peso e gordura no organismo.

Problemas Médicos:

  • Diabetes tipo 2
  • Lesões de ossos e articulações
  • Colecistite calculosa
  • Hemorróidas
  • Dispnéia e cansaço
  • Angina e infarto
  • Câncer de ovário, mama, útero, próstata, vesícula biliar e cólon
  • Hipertensão arterial sistêmica
  • Artrite degenerativa
  • Varizes e úlceras varicosas
  • Apnéia do sono
  • Ronco
  • AVC (Acidente Vascular Cerebral)
  • Risco de acidentes

Problemas Sociais:

  • Limitação das atividades pessoais, inclusive higiene
  • Dificuldade para encontrar roupas
  • Limitação de acesso a assentos, catracas, poltronas, portas, brinquedos nos parques de diversões
  • Restrição a atividades físicas
  • Problemas na relação sexual

Problemas no Trabalho:

  • Dificuldade para conseguir trabalho
  • Dificuldade para progredir no trabalho
  • Dificuldade para ter seguro médico
  • Gasto elevado com tratamento de doenças

Problemas Emocionais:

  • Depressão
  • Neurose
  • Suicídio
  • Isolamento
  • Sentimento de culpa

Quando o paciente obeso chega ao consultório, geralmente está preocupado com o seu padrão estético e não sabe a enorme quantidade de doenças que advém da obesidade.

É papel de todo profissional, seja ele médico, psicólogo ou nutricionista, alertar o paciente e ajudá-lo no processo de conscientização e busca do equilíbrio físico e psicológico, visando definir as metas a atingir para recobrar a saúde.